Dossiê CIDADE E NATUREZA: chamada

Revista URBANA
Chamada: V.8, n. 12, jan-jul, 2016: CIDADE E NATUREZA

 

Editorial Resumido

 

Compreender a relação entre as cidades e a natureza foi tarefa imprescindível para quem se dedicou a pensar as questões urbanas. Quase sempre isso ocorreu em razão de necessidades práticas e imediatas, como garantir seu abastecimento de água, alimento e energia; a dispersão das águas servidas e de outros resíduos, a defesa contra inimigos próximos ou distantes; a construção de vias de comunicação ou impulsionar o desenvolvimento econômico e urbano.

Os que foram mais além das necessidades imediatas e, sem ignorá-las, nunca deixaram de ver as cidades como um caminho possível para a concretização da utopia de uma sociedade livre, plena de vida, alegria, inteligência e justiça, deram atenção ainda maior ao modo como as relações humanas e o mundo natural interagiam no espaço urbano. A cada época, a natureza e as cidades foram redescobertas por novas sensações e emoções, foram apropriadas de diferentes formas para novos usos, foram constantemente reinterpretadas por inúmeros discursos e por novos saberes. A descoberta das possibilidades de divertimento na natureza, por exemplo, esteve associada com um peso cada vez maior que a cultura conquistou sobre as sensações imediatas, o que tornaria possível a reivindicação de uma natureza idealizada para o usufruto dos moradores urbanos em seus momentos de ócio.

 

Note-se que em nosso tempo essa relação ficou ainda mais complexa, pois, desde fins do século XX, a humanidade se encontra diante de uma grave crise ambiental. É preciso considerar fatores novos como as mudanças climáticas e o próprio fato de que as cidades são o lugar aonde vive a maior parte da população de um mundo pleno de desigualdades. Assim, a própria superação da crise ambiental contemporânea passa pelas cidades, que processam quantidades formidáveis de trabalho, recursos naturais e energia e geram todo tipo de resíduos, o que causa forte impacto nos sistemas naturais que suportam a vida do planeta, o que atinge o destino dos seres humanos nas cidades ou fora delas.

 

Ao longo do tempo a historiografia das cidades tem problematizado todas essas questões. O Dossiê Cidade e Natureza pretende contribuir com essa reflexão.

 

. Enivo de artigos até 31/12/2015

 

. Link: http://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/urbana/announcement

 

 
Editores Responsáveis pelo Dossiê:

Prof. Dr. Janes Jorge - UNIFESP
Profa. Dra. Carmen Lúcia Soares - UNICAMP
Prof. Dr. André Dalben - UNIFESP

 


-- 
Revista URBANA
Centro Interdisciplinar de Estudos da Cidade - CIEC
Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - IFCH, Departamento de História - DH
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
Cidade Universitária Zeferino Vaz
Barão Geraldo - Campinas 
Caixa Postal 6110 - CEP 13083-970
urbana.ciec@gmail.com




Secretaria da  

A/C Cedeplar - Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional

Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG/FACE
Avenida Antonio Carlos, 6627
Pampulha - CEP 31270-901 Belo Horizonte/MG - Brasil
Fone: +55 (31) 3409-7157 - E-mail: anpursecretariagmail.com

Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

A/C Profª. Ana Cristina Fernandes - Editora Responsável

Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
Centro de Filosofia e Ciências Humanas - CFCH
Programa de Pós-Graduação em Geografia - PPGEO
Av. Acadêmico Hélio Ramos, s/n, 5º andar, sala 534,
Cidade Universitária, Recife/PE - CEP 50740-520
E-mail: revistaanpur.org.br

Website desenvolvido pela Unu Soluções