Dossiê CIDADE E NATUREZA: chamada

Revista URBANA
Chamada: V.8, n. 12, jan-jul, 2016: CIDADE E NATUREZA

 

Editorial Resumido

 

Compreender a relação entre as cidades e a natureza foi tarefa imprescindível para quem se dedicou a pensar as questões urbanas. Quase sempre isso ocorreu em razão de necessidades práticas e imediatas, como garantir seu abastecimento de água, alimento e energia; a dispersão das águas servidas e de outros resíduos, a defesa contra inimigos próximos ou distantes; a construção de vias de comunicação ou impulsionar o desenvolvimento econômico e urbano.

Os que foram mais além das necessidades imediatas e, sem ignorá-las, nunca deixaram de ver as cidades como um caminho possível para a concretização da utopia de uma sociedade livre, plena de vida, alegria, inteligência e justiça, deram atenção ainda maior ao modo como as relações humanas e o mundo natural interagiam no espaço urbano. A cada época, a natureza e as cidades foram redescobertas por novas sensações e emoções, foram apropriadas de diferentes formas para novos usos, foram constantemente reinterpretadas por inúmeros discursos e por novos saberes. A descoberta das possibilidades de divertimento na natureza, por exemplo, esteve associada com um peso cada vez maior que a cultura conquistou sobre as sensações imediatas, o que tornaria possível a reivindicação de uma natureza idealizada para o usufruto dos moradores urbanos em seus momentos de ócio.

 

Note-se que em nosso tempo essa relação ficou ainda mais complexa, pois, desde fins do século XX, a humanidade se encontra diante de uma grave crise ambiental. É preciso considerar fatores novos como as mudanças climáticas e o próprio fato de que as cidades são o lugar aonde vive a maior parte da população de um mundo pleno de desigualdades. Assim, a própria superação da crise ambiental contemporânea passa pelas cidades, que processam quantidades formidáveis de trabalho, recursos naturais e energia e geram todo tipo de resíduos, o que causa forte impacto nos sistemas naturais que suportam a vida do planeta, o que atinge o destino dos seres humanos nas cidades ou fora delas.

 

Ao longo do tempo a historiografia das cidades tem problematizado todas essas questões. O Dossiê Cidade e Natureza pretende contribuir com essa reflexão.

 

. Enivo de artigos até 31/12/2015

 

. Link: http://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/urbana/announcement

 

Editores Responsáveis pelo Dossiê:

Prof. Dr. Janes Jorge – UNIFESP
Profa. Dra. Carmen Lúcia Soares – UNICAMP
Prof. Dr. André Dalben – UNIFESP


Revista URBANA
Centro Interdisciplinar de Estudos da Cidade – CIEC
Instituto de Filosofia e Ciências Humanas – IFCH, Departamento de História – DH
Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP
Cidade Universitária Zeferino Vaz
Barão Geraldo – Campinas
Caixa Postal 6110 – CEP 13083-970
urbana.ciec@gmail.com

Chamada de trabalhos RBEUR – CIDADES E INSURGÊNCIAS: NOVOS E VELHOS CONFLITOS, AGÊNCIAS E DIREITOS

A Comissão Editorial da RBEUR convida a comunidade acadêmica dos estudos urbanos e regionais a submeter trabalhos para o dossiê temático “CIDADES E INSURGÊNCIAS: NOVOS E VELHOS CONFLITOS, AGÊNCIAS E DIREITOS”.

 

Nova data para submissão: 13 de setembro de 2015.

 

Clique aqui para acessar a chamada completa.

 

Clique aqui para acessar a chamada em inglês.

Ministério das Cidades e ONU-Habitat selecionam dois consultores na área de planejamento urbano

A Secretaria Nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos do Ministério das Cidades e o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) abrem seleção para contratação de dois consultores na área de planejamento urbano.

O objetivo é apoiar o projeto de Cooperação Técnica Internacional no Tema de Governança Metropolitana. O projeto irá desenvolver, com auxílio dos consultores, uma metodologia de planejamento e gestão metropolitana, além de gerar subsídios para elaboração do Marco Legal da Política Metropolitana.

O candidato deverá ser um profissional especializado em planejamento urbano, com foco em gestão de áreas urbanas integradas. Para se inscrever, os interessados devem ter nível superior completo, experiência em gerenciamento de projetos e mestrado em: Planejamento Urbano, Desenho Urbano, Geografia, Economia Urbana ou Legislação Urbanística, Gestão de Projetos, Políticas Públicas e outras áreas afins. O consultor será remunerado e terá doze meses para elaborar o projeto.

Inscrições até 22 de dezembro de 2014.

Acesse os editais nos seguintes links:

http://www.cidades.gov.br/images/stories/ArquivosCidades/ArquivosPDF/Publicacoes/tor_1.pdf

http://www.cidades.gov.br/images/stories/ArquivosCidades/ArquivosPDF/Publicacoes/tor_2.pdf

Concurso 2015 para o melhor ensaio redigido por jovens autores sobre temas relativos aos Estudos Urbanos e Regionais

A Foundation for Urban and Regional Studies (FURS), em associação com a Editora Wiley-Blackwell e a revista International Journal of Urban Regional Research (IJURR) deram início a competição 2015 de artigos de jovens pesquisadores 2015 da FURS. O prêmio é bastante tradicional e está em sua sétima edição. O melhor artigo receberá £1,000 e será publicado na IJURR, uma das mais importantes e prestigiosas revistas de estudos urbanos. Maiores detalhes podem ser encontrados no endereço: www.ijurr.org/furs/essay-prize.html.

Clique aqui para visualizar o pdf